Início Bate-Papo nas Pistas BATE PAPO NAS PISTAS – Talento brasileiro na NASCAR Euro, conheça Marconi...

BATE PAPO NAS PISTAS – Talento brasileiro na NASCAR Euro, conheça Marconi Abreu – #BONUS1MI

93

Para uma grande marca precisamos de um grande piloto e em homenagem a ele que fez aniversário nesse mês, antecipei nosso bate papo para apresentar a vocês Marconi Abreu, o “minerim” mais gente fina de BH que vem dando show na NASCAR Euro Whelen Series.

Marconi Abreu momentos antes da largada em Brands Hatch – Foto: NWES

Nascido e criado a base da culinária mineira, o piloto hoje com 37 anos iniciou sua carreira bem cedo quando tinha apenas dez anos. Após anos competindo apenas por hobby, eis que um dia tudo mudou. A partir de então sua preparação incluiu no currículo alguns cursos de pilotagem em Interlagos, disputas do Campeonato Brasileiro de Kart, além de uma participação na extinta Fórmula Renault Brasileira onde ficou até 2007.

Buscando uma experiência internacional, Marconi foi para os Estados Unidos dois anos depois, para disputar a Fórmula 2000 categoria que o corou com o prêmio Rookie do ano e também com o convite de participar da PCA (Porsche Club of América) pilotando um Porsche 911 GT3.

De volta ao país, o piloto conquistou o terceiro lugar na temporada da extinta Stock Car Jr. Em seguida a sua reestreia nas pistas brasileiras, o mineiro chegou a competir em categorias como: Copa Chevrolet Montana e o Campeonato Brasileiro de Marcas onde pilotou um Honda Civic defendendo as cores da equipe JLM Racing, porém, uma nova proposta internacional surgiu.

Atualmente, Marconi ao lado de outros nomes que representam o Brasil na NASCAR Euro, categoria onde fez sua estreia no início da última temporada, obtendo excelentes resultados e levando o Brasil ao Hall da Fama da NASCAR em Charlotte.

Iniciando nosso bate papo, não poderíamos deixar de falar da popularidade do piloto em terras europeias, além de apresentar aos fãs os belíssimos exemplares da NASCAR, Marconi que a várias etapas vem ganhando destaque no backstage da categoria, ganhou um apelido carinhoso na etapa de Brands Hatch que aconteceu na Inglaterra.

“Amo estar com as pessoas, elas amam o automobilismo e vibram com isto, apenas tento proporcionar a elas um pouquinho do que sinto quando estou nas pistas. Eu acredito que toda ação é seguida de uma reação e o que eu recebo destes fãs é muito especial, eles me motivam, vibram, mandam energias positivas e isto não tem preço. Quando estou nas pistas vejo pessoas segurando e balançando a bandeira do Brasil, a cada curva sinto a emoção de mesmo estando fora do meu país em poder representá-lo”.

Na verdade, Marconi é um “novato” na categoria, porém, o piloto tem se adaptado muito bem ao estilo europeu de pilotagem, conseguindo assim em seu ano de estreia, dois títulos na categoria.

“Qualquer categoria exige uma adaptação do piloto seja ele qual for. Busco incessantemente obter os meus melhores resultados, sempre focado, trabalhando não só dentro das pistas como também fora. Cada simples detalhe acredito que faz a diferença. Tenho que superar as minhas dificuldades, estou fora do meu país, não consigo treinar nas pistas como os outros pilotos, ainda tenho pouco tempo na categoria, mas faço a minha parte! Como nos é dito faça a sua parte que eu te ajudarei.  Humildade, disciplina, determinação e fé para mim são os fatores mais importantes”.

Antes de estacionarmos os V8tão, conversamos sobre os nomes e inspirações que o piloto tem no esporte, pilotos que se tornaram referência para o mineiro. Após nossa pausa, Marconi também me contou um pouco sobre seus projetos e hobbies.

“A determinação e o querer do Senna são únicos, mas algumas particularidades de alguns pilotos me instigam, como na época do Schumacher com seu domínio e técnica apurada, a ousadia do Juan Pablo Montoya em bater aquele que então era o melhor do momento é o talento de Fernando Alonso com sua capacidade de superar as dificuldades”.

“Um hobby que faz parte do meu dia a dia é o crossfit, adoro atividades físicas e a forma em que é trabalhado no crossfit me atraem muito!! Só consigo me desligar um pouco da rotina quando paramos para assistir um filme eu e minha esposa, e quando reúno com os meus amigos. Amo ouvir música, apesar de ser bem eclético, sou amante do Rock in Roll e do Blues”.

Projetos com sucesso se iniciaram de uma ideia. Antes de finalizar o piloto me confidenciou suas ambições dentro do esporte e qual categoria ele pretende exploram em um futuro bem próximo.

“Atualmente eu busco aprender ao máximo as técnicas da categoria que disputo, respeitando a ordem natural das coisas e dando um passo de cada vez. A NASCAR na Europa abre portas para a competição da NASCAR nos EUA e é lá que eu pretendo estar daqui uns cinco anos na divisão principal”.

Encerrando, pedi que o piloto apresentasse seus conselhos para os novos pilotos, novos nomes que assim como ele, buscam a cada dia uma oportunidade internacional, elevando assim suas carreiras.

“Em relação ao esporte ou a qualquer outra atividade escolhida para se desenvolver na vida o segredo para mim, é colocar toda a sua dedicação e amor para fazer o que você pode naquele momento, utilizando as ferramentas que você tem, independente do futuro, acreditando sempre que o propósito de vida vem de Deus para nós e não de nós para ele”.

“A NASCAR é a segunda maior mídia esportiva do mundo, perdendo apenas para o Super Bowl. A categoria europeia vem crescendo cada dia mais, pilotos brasileiros ou de qualquer lugar do mundo que precisem de orientações podem contar comigo. É uma categoria acessível que dá muito suporte a seus competidores, enfatizando o respeito é um bom caminho para quem quer brilhar na carreira automobilística”.

E você, gostou do nosso Bate Papo? Gostaria de conhecer mais sobre o piloto e também saber mais sobre o desempenho do mineirinho na NASCAR Euro? Então siga a fanpage do piloto e fique por dentro de todas as novidades do time na temporada.

Tomada de Tempo, aqui a sua noticia é pole position.

Anderson Cardoso

Aspirante a escritor e futuro piloto, tenho uma admiração muito grande por Ayrton Senna, Rubens Barrichello e Jeff Gordon. Entusiasta de categorias como: Fórmula Truck, Stock Car, NASCAR, DTM, V8 australiana, entre outras. – Cardoso é um parceiro/colunista voluntário do Tomada de Tempo e escreve sobre as mais diversas categorias de esporte a motor no Brasil e no Mundo!