Início Bate-Papo nas Pistas BATE PAPO NAS PISTAS – Um dos maiores talentos revelados nos últimos...

BATE PAPO NAS PISTAS – Um dos maiores talentos revelados nos últimos anos, conheça Sérgio Jimenez – #BONUS600K

55

Considerado um dos maiores talentos revelados pelo automobilismo brasileiro nos últimos anos, apresento a vocês, o piloto da Stock Car, Sérgio Jimenez. Ladies and gentlemen, the big day has arrived!!!

Sérgio Jimenez momentos antes da largada da Stock Car – Foto: Vanderley Soares

Natural de Piedade, interior de São Paulo, Sérgio Jimenez iniciou sua carreira no esporte em 1994. Recordista de títulos no kart, com apenas 10 anos conquistou seu primeiro título na Fórmula Renault Brasil.

Iniciando sua carreira internacional, Jimenez brilhou na F3 Espanhola teve participações de muito destaque na GP2 Series (principal acesso à Fórmula 1) e na A1GP (Copa do Mundo do Automobilismo).

De volta a casa, em 2009 o paulista fez sua estreia nos carros de Turismo, iniciando na metade da temporada da Stock Car Light. Com pole, volta mais rápida e uma vitória, o paulista foi coroado com o troféu de destaque da temporada. Um ano depois, após participar da extinta Copa Chevrolet Montana, conquistando duas poles e uma vitória, Jimenez foi convidado pela Lamborghini, para disputar duas etapas do FIA GT1 World Championship.

Em 2011, competindo nos campeonatos GT Brasil, Brasileiro de Marcas e também a Copa Caixa Stock Car seu destaque a bordo dos carros de Turismo ficou ainda maior. Destaque que se confirmou em 2012, quando o piloto conquistou o Troféu Cascavel de Ouro no Campeonato Brasileiro de GT Brasil, pilotando uma Mercedes-Benz SLS GT3 AMG.

No ano de 2013, o paulista atuou pela Voxx Racing, além de compor a equipe BMW Sports Trophy Team Brazil, que participou FIA GT Series. Com seu ótimo trabalho obteve mais um troféu, conquistando assim, o título de piloto Revelação em seu ano de estreia, com uma pole e um pódio.

No ano seguinte a sua estreia, sua progressão continuava pelo segundo ano consecutivo Jimenez defendeu as cores das equipes Voxx Racing na Stock Car, e BMW Sports Trophy Team Brazil no Blancpain Sprint Series. Em 2015, o paulista mudou de time, contratado pela equipe C2 Team disputou o Circuito Nova Schin Stock Car e o Blancpain GT Series.

Devido a suas atuações durante três temporadas defendendo o BMW Team Brazil, o paulista foi contratado para disputar a temporada 2016 do Blancpain GT Series, pela equipe oficial da Audi, o WRT Team – uma das melhores equipes da Europa. Atualmente o piloto integra o time da Bardahl/Hot Car Competições dividindo os boxes com o talentoso Guga Lima.

Iniciamos o bate papo dessa tarde já em “alta velocidade” a bordo do Stocão e sem pisar no freio, o paulista me contou um pouco sobre a temporada e também sobre Guga Lima, seu amigo e companheiro de equipe.

“Esse ano fechamos um acordo bem legal com a Bardahl Hot Car, teremos um trabalho longo para colocar a equipe no pódio”.

“O Guga é jovem mais já andou de bastante coisa, tento o auxiliar em todos os sentidos, ele tem um futuro enorme na Stock Car”.

Estacionando o Stock, seguimos! Na última temporada, o paulista competiu em dois modelos diferentes de competições de sprint – a Stock Car e o Blancpain Series – duas competições “iguais”, porém, ao mesmo tempo diferentes.

“A organização da Blancpain é um negócio impressionante. A Stock poderia se equiparar e pensar em como seguir a grande organização deles”.

“Cada montadora faz o seu carro e os carros são completamente diferentes. O Blancpain é considerado o mundial de Grand Turismo, aonde os supercarros andam: Ferrari, Audi, Porsche, Lamborghini”.

“Na Stock, o carro é construído por uma empresa só, ou seja, todas equipes tem os carros iguais, mudando a montagem do carro na oficina e a mão de obra das equipes. Essa seria a grande diferença”.

Além do kart, o paulista cultiva em si um outro amor, o paulista ama provas de longa duração – como as da Porsche Endurance Cup que o piloto disputou ano passado. Na última temporada, ainda pela equipe WRT Serginho disputou as 24 Horas de Spa a bordo de seu Audi R8.

Spa por sua vez, tem uma característica que só ela pode ter, a curva mais amada do mundo, a grandiosa Eau Rouge. “Foi a segunda vez que corri lá, a Eau Rouge é fantástica. Todas as vezes que andamos foi um prazer, uma experiência muito legal!”, completou o piloto.

Após o splash and go de hoje, saímos dos supercarros e voltamos aos monopostos. Haja visto que atualmente nosso automobilismo está carente de formações de base, em paralelo com a carreira de piloto, o paulista fomenta a base do esporte como Presidente do Super Kart Brasil (SKB), o maior campeonato de kart do país, criado por ele e mais seis kartistas de renome nacional. Serginho também é Presidente da Associação RACING, entidade sem fins lucrativos, criada para promover projetos de incentivo ao Kart nacional.

“O SKB revolucionou e recriou o kart. Nós fizemos esse projeto maravilhoso e deu muito certo!! Todos campeonatos de kart melhoraram e muito”.

“Temos uma linha de pensamento e raciocínio que só fazemos com o melhor, nos melhores lugares e nas melhores pistas e com muitos prêmios. Infelizmente não conseguimos apoio pra seguir da maneira que gostaríamos, então, agora estamos dando um tempo”.

Antes de encerrar o nosso bate papo, conversamos sobre a expressiva performance que o piloto possui em campeonatos de Turismo – sem perder a oportunidade de fazer uma pergunta como fã – perguntei a ele, qual era sua melhor corrida na carreira até o momento.

Sorrindo ele respondeu. “O melhor momento creio que ainda está por vir, assim como a melhor corrida” – não precisei nem continuar, só pela resposta pude perceber de qual “momento” estávamos falando!!

Devido a toda sua carreira no exterior, o piloto possui uma grande bagagem no esporte, que somado a sua posição de destaque em uma categoria nacional eleva o paulista a um outro patamar. A verdade é que Serginho Jimenez tem muito o que ensinar, e para finalizar o paulista apresentou seus conselhos pessoais aos novos nomes que estão iniciando no esporte.

“É um esporte dificílimo para conseguir o apoio e exige muito dinheiro. Não adianta querer se aventurar, tem que ter uma boa estrutura para começar e conseguir dar sequência. Se conseguir, vá em frente com perseverança, pois como em todo esporte, você mais perde do que ganha”.

Com os conselhos do piloto, finalizei o nosso bate papo agradecendo ao Serginho que me concedeu um espaço em sua agenda, fazendo assim parte do nosso time de estrelas no Bate Papo nas Pistas. E você, gostou do nosso Bate Papo? Quer conhecer mais sobre a performance do piloto? Siga em suas redes sociais: FacebookInstagram e fique por dentro de todas as novidades e notícias de Sérgio Jimenez na Stock Car e em seus campeonatos pelo mundo.

Tomada de Tempo, aqui sua noticia é pole position!

Anderson Cardoso

Aspirante a escritor e futuro piloto, tenho uma admiração muito grande por Ayrton Senna, Rubens Barrichello e Jeff Gordon. Entusiasta de categorias como: Fórmula Truck, Stock Car, NASCAR, DTM, V8 australiana, entre outras. – Cardoso é um parceiro/colunista voluntário do Tomada de Tempo e escreve sobre as mais diversas categorias de esporte a motor no Brasil e no Mundo!