Início Moto GP MOTO GP – Resultado Final – GP da Malásia – 2016

MOTO GP – Resultado Final – GP da Malásia – 2016

52
2016-17-gp-malaysia-47407_w580_h387
Foto: Michelin

E na 17ª prova do mundial de motovelocidade – MOTO GP – 2016, chegamos ao 9º vencedor do ano. O pole position Andrea Dovizioso com sua Ducati venceu e conquistou sua segunda vitória na categoria.

Com chuva forte em Sepang a corrida atrasou uns 20 minutos e ainda teve 1 volta a menos (19). Na largada quem acabou assumindo e isso até impressiona quando falamos de CHUVA, foi Jorge Lorenzo que largara em 3º, com Marc Marquez em 2º. Pouco depois Marc assume a ponta e Lorenzo, como já era de se esperar, cai para o 6º posto! Mais algumas curvas e tínhamos Rossi na ponta com as Ducatis de Iannone e Dovizioso atrás. Marc aparecia em 4º.

Foto: Michelin
Foto: Michelin

Já na segunda volta quem aparece na ponteira é Andrea Iannone com Rossi em sua cola! Atrás Dovi, Marc, Lorenzo e Crutchlow! Em seguida começam as trocas de posições entre Rossi e Iannone! Uma batalha ferrenha pela ponta durante várias voltas!

Foto: Michelin
Foto: Michelin

Faltando 10 voltas para o final, tínhamos a seguinte ordem: A. IANNONE, V. ROSSI, A. DOVIZIOSO, M. MARQUEZ, C. CRUTCHLOW, J. LORENZO, L. BAZ, H. BARBERA, M. VIÑALES e A. BAUTISTA.

Volta 11 e Rossi consegue ultrapassar Andrea mais uma vez e seguiu por algumas voltas sendo pressionado pelas Ducatis. Até Dovizioso ultrapassa Iannone e na sequencia o #29 vai ao chão! Excelente prova de Iannone mesmo assim! Enquanto isso, uma série de tombos: Cal Crutchlow na curva 2 e Marc Marquez na curva 11, naquele momento estavam em 4º e 5º lugares.

E na volta 14 para 15, Valentino Rossi comete um erro na curva 1 e Andrea Dovizioso o ultrapassa e segue em definitivo para sua vitória com mais de 3 segundos de diferença para Rossi que ainda assim, conseguiu manter-se em 2º graças aos acidentes dos demais! Lorenzo que na chuva nada faz, foi beneficiado pelas quedas de Cal, Marc e Iannone, fechando o pódio em 3º.

Foto: Michelin
Foto: Michelin

Barberá que retornou à sua equipe origem , Avintia, após substituir Iannone em algumas provas, fez boa prova mesmo com os benefícios das quedas dos demais! Disputou a posição com Baz, outro que tem mostrado boa pilotagem. O TOP5 acabou completado por Barberá e Baz.

Viñales não fez prova de destaque, ficou ali isolado e sem pretensões mais aguerridas! Terminou em 6º, quase 3 segundos à frente de Bautista. Jack Miller fico em oitavo, com Pol Espargaró e Danilo Petrucci completando o TOP 10. Marc Márquez ainda conseguiu continuar após a queda e chegou em 11º. Mas mesmo assim, não foi suficiente para garantir o título de construtores para Honda. A disputa ainda está aberta para a última etapa!

Em resumo, Marc que já era campeão nada muda! Mas o que ainda estava aberto, agora já está decidido: o VICE CAMPEONATO ficou com Valentino Rossi que abriu 28 pontos para Lorenzo! A última etapa definirá apenas o título de construtores!

Dovizioso, vencedor da prova destaca sua persistência: “A minha última vitória em MotoGP foi em 2009 e vencer é sempre diferente. Tive alguns problemas durante a corrida mas queria muito vencer, estava determinado. A Ducati trabalhou muito nos últimos quatro anos e merece esta vitória”

Valentino Rossi disse que após 2 sustos, resolveu assegurar que a moto ficasse na pista: “Tive uma grande batalha com o Iannone, mas quando o passei estava muito animado e eufórico, senti que fugir. Mas depois comecei a ter problemas no pneu da frente e após dois sustos tive que me segurar. É uma pena, queríamos muito ganhar, mas foi bom para as contas do campeonato”

Já Lorenzo assumiu que o terceiro lugar na etapa foi pura sorte: “Para ser sincero, tive sorte. Seria quinto ou sexto e consegui o pódio porque houve muitas quedas. Estava confiante e até fiz uma boa prova. Temos o terceiro lugar no campeonato garantido e vou para Valência contente”.

RESULTADO FINAL

1 – Andrea Dovizioso – Ducati – 42min27.333s
2 – Valentino Rossi – Yamaha – 3.115s
3 – Jorge Lorenzo – Yamaha – 11.924s
4 – Hector Barbera – Avintia Ducati – 19.916s
5 – Loris Baz – Avintia Ducati – 21.353s
6 – Maverick Vinales – Suzuki – 22.932s
7 – Alvaro Bautista – Aprilia – 25.829s
8 – Jack Miller – Marc VDS Honda – 32.746s
9 – Pol Espargaro – Tech3 Yamaha – 33.704s
10 – Danilo Petrucci – Pramac Ducati – 34.280s
11 – Marc Marquez – Honda – 36.480s
12 – Eugene Laverty – Aspar Ducati – 36.638s
13 – Aleix Espargaro – Suzuki – 36.897s
14 – Bradley Smith – Tech3 Yamaha – 45.609s
15 – Scott Redding – Pramac Ducati – 49.779s
16 – Hiroshi Aoyama – Honda – 52.665s
17 – Stefan Bradl – Aprilia – 52.784s
18 – Tito Rabat – Marc VDS Honda – 54.891s
– Andrea Iannone – Ducati
– Cal Crutchlow – LCR Honda
– Yonny Hernandez – Aspar Ducati

CLASSIFICAÇÃO – PILOTOS

MARC MÁRQUEZ – 278 pontos – CAMPEÃO
VALENTINO ROSSI – 236 – VICE-CAMPEÃO
JORGE LORENZO – 208
MAVERICK VIÑALES – 191
ANDREA DOVIZIOSO – 162

CONSTRUTORES

1 – Honda – 349 pontos
2 – Yamaha – 328
3 – Ducati – 245
4 – Suzuki – 197
5 – Aprilia – 95

PRÓXIMA CORRIDA

A próxima e última etapa do mundial será em 13 de novembro – Valência. Veja o calendário completo!

GALERIA DE FOTOS (os cliques são de Michelin)