Início SÉRIE: PELAS PISTAS DO BRASIL PELAS PISTAS DO BRASIL – Autódromo Internacional de Guaporé

PELAS PISTAS DO BRASIL – Autódromo Internacional de Guaporé

675

chamada001

E chegou o grande dia! O dia da estreia da nossa primeira sério do Tomada de Tempo! PELAS PISTAS DO BRASIL, fará um tour pelos autódromos brasileiros, contando um pouco de suas histórias, curiosidades e importância no cenário nacional e mundial! Além de fotos e vídeos! O idealizador da série, Anderson Cardoso (nosso colunista voluntário), nos contará neste episódio, um pouco sobre o Autódromo Internacional de Guaporé!

HISTÓRIA

Foto: http://autodromodeguapore.com.br
Foto: http://autodromodeguapore.com.br

Localizado no interior do estado do Rio Grande do Sul, o Autódromo Internacional Dr. Nelson Luiz Barro de Guaporé – Guaporé – é palco de competições automobilísticas como a Fórmula Truck, atraindo públicos de até 60 mil pessoas. O Autódromo começou suas atividades em 1967, com a vinda para o município do médico caxiense Nelson Luiz Barro. Nelson conseguiu contagiar vários jovens guaporenses com seu entusiasmo pelo automobilismo e, em 1º de setembro de 1969, estes fundaram a AGA – Associação Guaporense de Automobilismo, entidade que até hoje mantém o autódromo. O médico tinha como hobby a prática do automobilismo e logo tornou-se campeão Estadual com um carro Sinca Chambor, nº 34, da categoria 1600 a 3000 cilindradas. Liderado pelo médico-piloto, o grupo foi crescendo, contribuindo cada vez mais para projetar o nome de Guaporé no cenário estadual, chamando a atenção de todos os desportistas para a comunidade até então desconhecida. Ninguém poderia imaginar que se projetasse de uma forma tão positiva a realização de um empreendimento de tamanha envergadura: O AUTÓDROMO MUNICIPAL – Em cerimônia no dia 21 de dezembro de 1969, com a participação de 72 carros das mais famosas equipes do Rio Grande do Sul. Festividade que alcançou tão raro brilhantismo que foi alvo de aplausos da imprensa. Com participação efetiva do município, auxílio do Governo Federal e Estadual, a obra foi ganhando vulto.

Após a pavimentação e a construção dos boxes, deram ao Autódromo a dignidade de um gigante. No dia 17 de Outubro de 1976, impulsionado pela presença de Emerson Fittipaldi na Europa, o automobilismo ganhava “fatias” no mercado esportivo do Brasil, a inauguração oficial do Autódromo Municipal de Guaporé, que teve a realização da 5ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Ford, vencida pelo piloto Amadeu Campos.

O Autódromo tornou-se “Internacional” no dia 17 de Novembro de 1985 quando da realização da 10ª Etapa do Campeonato Sul Americano de Fórmula 3, com a vitória do piloto gaúcho Leonel Friderich. O “gigante” que nos orgulha, classificado como o mais bonito e seguro do Brasil, tanto para pilotos como para público teve o maior, público cerca de 30.000 (trinta mil) pessoas, quando da realização da 4ª Etapa da Fórmula Truck no dia 07 de Setembro de 1997.

No final de 2010, após um longo processo de busca de recursos, a AGA finalmente conseguiu realizar o tão sonhado recapeamento da camada asfáltica, revitalizando o autódromo e permitindo o eventual retorno de grandes categorias. A associação ainda tem pela frente o grande desafio de realizar a reforma da área dos boxes, melhoramento das condições de segurança da pista e infraestrutura para visitantes. A falta dessas obras, o crescente números de novas pistas no estado, como o Velopark, e a falta de capacidade da rede hoteleira de Guaporé, dificultam o trabalho da equipe da AGA em conseguir trazer novas provas para o município.

Nos últimos anos, o principal evento realizado no Autódromo de Guaporé, é a etapa anual de Fórmula Truck que atrai grandes públicos de todo o país. Apesar de ser o principal responsável por manter o autódromo.

Algumas fotos da história (fonte: http://autodromodeguapore.com.br):

MAIS UM POUCO SOBRE O AUTÓDROMO

Matéria da ULBRA TV sobre o Autódromo, com entrevistas e histórias.

ESTRUTURA

Com características diferenciadas, a pista de Guaporé possui uma reta principal tem cerca de 800 m de comprimento e 17 m de largura, a pista em sí é caracterizada pela grande inclinação das curvas, muitas das quais passam dos 10°, características que tornam Guaporé um circuito extremamente rápido. Guaporé conta com uma estrutura auxiliar que inclui 40 boxes, com área de descarga de caminhões próxima, posto de abastecimento, borracharia e área de camarotes sobre os boxes. A torre de cronometragem dispõe também de sala de imprensa, credenciamento, secretaria e sala de comissários, com tamanho suficiente para atender categorias médias do automobilismo nacional.

Fonte: WIKIPEDIA - Por Will Pittenger
Fonte: WIKIPEDIA – Por Will Pittenger

As instalações do Autódromo ainda abrigam uma série de atrações para sócios da AGA, como piscinas, quiosques, um lago artificial, um mini-zoológico e até uma pequena capela.

PROVAS REALIZADAS NO AUTÓDROMO

Nível Internacional:
Fórmula 3 Sul-americana com a participação dos
Países do Mercosul.
Super Turismo

Nível Nacional:
Fórmula Fiat de Turismo
Fórmula Truck
Fórmula Country
Fórmula Chevrolet Challenge
Omega Stock Car.
Protótipo Sport
Motovelocidade
Arrancada
Pick Up Racing

Nível Estadual:
Copa Corsa
Copa Fiat
Speed 1600
Endurance
Fórmula Gaúcha
Km de Arrancada.
Turismo 2 litros
Motovelocidade
Choque Car
Multimarcas

Nível Regional:
Rachas Noturno de motos e carros
Km Arrancada
Serrano de Endurance

HOJE EM DIA

Em 2015 o autódromo foi reformado. As obras foram promovidas pela AGA – Associação Guaporense de Automobilismo, sob supervisão de Johnny Bonilla (Diretor de autódromos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA)), o circuito ganhou asfalto novo em trechos importantes e muitas modificações de segurança (novas zebras, amarração de pneus, barreiras de segurança). Johnny destaca a dificuldade:

“Um processo difícil, mas necessário. Sou muito chato em cada questão, mas foram fazendo tudo e tomando gosto”

Guaporé ganhou segurança para pilotos e também para quem trabalha nos eventos e na pista, como destacado por Bonilla:

“O maior problema eram as áreas de escape. Numa pista projetada nos anos 1970, eram pequenas. Mas com as barreiras de pneus parafusadas e os guard-rails com novos montantes melhorou muito. Quanto à saída dos boxes, era muito exposta, até mesmo o prédio do ambulatório médico. Numa largada, poderia ocorrer uma colisão com o prédio e com carros que estivessem no pitlane”

Foto: http://www.correiodopovo.com.br
Saída dos Boxes – Foto: http://www.correiodopovo.com.br

Já quanto à Curva 2, onde tivemos um grave acidente em 2012 em etapa do Marcas & Pilotos, foi onde tivemos outra alteração:

“Os pneus eram soltos e a barreira não fazia seu trabalho. Os pneus voavam para todo lado quando ocorriam choques. Agora está pronto para receber todo tipo de categoria” – enfatiza Johnny.

Curva 2 - Foto: http://www.correiodopovo.com.br
Curva 2 – Foto: http://www.correiodopovo.com.br

VÍDEOS

Conheça a pista – Onboard Guapore Ferrari 430 GT2 Daniel Serra

Corrida completa da Etapa da Fórmula Truck – 2015

PRÓXIMOS EVENTOS – 2016

Fontes de informações:

  • Wikipedia
  • Site Oficial (http://autodromodeguapore.com.br)
  • Correio do Povo (http://www.correiodopovo.com.br)
  • VÍDEO: Ulbra TV