Início Fórmula Truck FÓRMULA TRUCK – Resultado Final – 2ª Etapa – Curitiba/PR – 2016

FÓRMULA TRUCK – Resultado Final – 2ª Etapa – Curitiba/PR – 2016

84
Foto: Tomada de Tempo - Marcelo Henrique Dias Abreu
Foto: Tomada de Tempo – Marcelo Henrique Dias Abreu

E valeu! Valeu demais galera! O Tomada de Tempo, representado por este que vos fala (Marcelo Henrique Dias Abreu .’.) acompanhou a 2ª etapa do brasileiro de Fórmula Truck neste Domingo (10/04/2016). Ainda, estivemos com a companhia agradabilíssima de vários amigos, discutindo sobre automobilismo e torcendo muito! Além disso, participamos do Truck Test, Visitação nos Boxes, assistimos o Show dos Caminhões e desfile dos pilotos da área dos boxes – o que foi divertidíssimo! Ainda tivemos os colegas que estiveram na arquibancada para observar com outros olhos toda a etapa!

Parabéns à organização, pilotos, equipes e staff da Fórmula Truck pelo carinho e engajamento com o público! Mais uma vez, como todos os anos, sucesso de evento e público! A valorização de todos, incluindo arquibancada, paddock e área VIP, é o que faz da Fórmula Truck CAMPEÃ de audiência! Não é qualquer evento que nos faz ficar das 07:30 até as 16:00 e ainda restar o gostinho de  quero mais! – por Marcelo Henrique Dias Abreu – Idealizador do Tomada de Tempo

CORRIDA

Em relação a corrida, fantástica! A ameaça de chuva foi constante, mas os Deuses Curitibanos resolveram aliviar o sofrimento dos pilotos e não permitiu uma só gota no asfalto sagrado do AIC – Autódromo Internacional de Curitiba/Pinhais/PR.

E assim, Felipe Giaffone aproveitou para fazer barba, cabelo e bigode! Cravou a pole no sábado (+1 ponto), venceu a prova #1 (+25 pontos), venceu a prova #2 (+25 pontos) e garantiu as voltas rápidas em ambas as provas (+2 pontos).

Quem se destacou muito e agora figuram entre as potências da truck 2016, são os pilotos Diogo Pachenki e Raijan Mascarello. Diogo largou em 2º, acabou perdendo a segunda posição para Paulo Salustiano (que chegou a pressionar Giaffone) nas primeiras voltas, mas com o abandono de Salustiano (com domingo para esquecer), retomou a 2ª colocação para não mais perder! Repetindo a posição na prova #2 também. Já Raijan, que largou em 5º, fez bela corrida e garantiu o pódio nas 2 provas – 4º em ambas.

Salustiano, que teve final de semana para esquecer, fez boa prova de recuperação, mas teve problemas no turbo e abandou a prova #1. Tentou retornar na 2º etapa, mas novamente o turbo o deixou na mão. Campeonato já se complica para o piloto da ABF Mercedes-Benz. A participação de Débora Rodrigues na etapa também foi ótima, até que o motor do seu Volkswagen Constellation estourou. Gustavo Magnabosco brigou bastante com Raijan Mascarello na segunda prova e com o abandono de outros pilotos, acabou conquistando seu primeiro pódio na carreira ao terminar em 3º na prova #2.

Em breve postarei fotos exclusivas do evento, por enquanto, veja, no vídeo oficial, os melhores momentos da etapa:

RESULTADO FINAL – PROVA #1

1) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 13 voltas em 26min14s349
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 3s957
3) David Muffato (MAN TGX), a 6s909
4) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 10s474
5) Gustavo Magnabosco (ABF Racing Team), a 10s841
6) Régis Boessio (Boessio Competições), a 17s130
7) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 19s519
8) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), a 28s077
9) Ricardo Sargo (ABF Volvo), a 28s754
10) Valmir Benavides (Fábio Fogaça Motorsports), a 29s456
11) Pedro Muffato (Muffatão Racing), a 30s602
12) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 37s110
13) Joel Mendes Júnior (Fábio Fogaça Motorsports), a 40s731
14) Alex Fabiano (ABF Azulim Indy Truck Racing), a 43s269
15) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 1min18s760
16) Jansen Bueno (Dakar Motorsports), a 2 voltas
17) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 6 voltas
18) Roberval Andrade (Ticket Car Corinthians), a 8 voltas
19) Geraldo Piquet (DF Motorsports), a 9 voltas
20) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), a 10 voltas
21) André Marques (RM Competições-MAN), a 10 voltas
22) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 11 voltas

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min43s044, média de 129,1 km/h

RESULTADO FINAL – PROVA #2

1) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), 12 voltas em 28min06s321
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 1s842
3) Gustavo Magnabosco (ABF Racing Team), a 9s448
4) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 11s542
5) Régis Boessio (Boessio Competições), a 21s650
6) Pedro Muffato (Muffatão Racing), a 33s730
7) Alex Fabiano (ABF Azulim Indy Truck Racing), a 34s211
8) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), a 1 volta
9) Valmir Benavides (Fábio Fogaça Motorsports), a 2 voltas
10) Ricardo Sargo (ABF Volvo), a 3 voltas
11) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 4 voltas
12) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 7 voltas
13) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 8 voltas
14) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 8 voltas
15) David Muffato (MAN TGX), a 10 voltas

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min43s266, média de 128,8 km/h

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO – Após 2 etapas (TOP 10)

1) Felipe Giaffone, 105 pontos
2) Diogo Pachenki, 82
3) Raijan Mascarello, 62
4) Gustavo Magnabosco, 61
5) Débora Rodrigues, 50
6) David Muffato, 47
7) Adalberto Jardim, 46
8) Paulo Salustiano, 45
9) Alex Fabiano, 42
10) André Marques, 32

PRÓXIMA ETAPA

A terceira etapa da temporada 2016 da Fórmula Truck será no Mato Grosso do Sul – dia 15 de maio. Veja o calendário completo (após as mudanças informadas pela organização).