Início Fórmula 1 FÓRMULA 1 – Programação, transmissão e resultado dos treinos livres – GP...

FÓRMULA 1 – Programação, transmissão e resultado dos treinos livres – GP dos EUA – 2015

23

PROCURANDO SOBRE o Grid de largada – GP dos EUA – 2015? Clique aqui!

Foto: Foto Studio Colombo / Pirelli / Fotos Públicas
Foto: Foto Studio Colombo / Pirelli / Fotos Públicas

FÓRMULA 1 – Programação, transmissão e resultados – E chegamos ao GP dos EUA em Austin! O Circuito das Américas é uma grande criação de Herman Tilke (projetista) e possui seções inspiradas em curvas de outros circuitos pelo mundo. O 1º setor possui curvas rápidas como Silverstone. Já no setor 2, temos uma curva muito parecida com o nosso ‘S’ do Senna. Entre outras. Ainda, a pista é anti-horário e possui diferença de elevação de 41 metros. Divide extremos, possuindo mais curvas rápidas que Spa e mais curvas de baixa que a Hungria. A precisão dos pilotos é o ponto chave! As equipes terão trabalho, pois precisam encontrar o equilíbrio entre velocidade nas retas e estabilidade nas curvas.

Fonte: "Austin circuit" por Gustavo Girardelli
Fonte: “Austin circuit” por Gustavo Girardelli

Localização do circuito: Austin, Estados Unidos
Voltas: 53
Percurso: 5513 metros
Curvas: 20
Melhor Pole: Sebastian Vettel – Red Bull-Renault V8 – 1min 35s 657 – 2012
Volta mais rápida na prova: Sebastian Vettel – Red Bull-Renault V8 –  1min 39s 347 – 2012
Anos disputados: 44 (36 oficial)
Primeira disputa: 1908
Maior vencedor: Michael Schumacher (5)

Hamilton chega com boas chances de ser campeão. Rosberg e Vettel necessitam andar muito bem para continuar na disputa! E falando em Rosberg, o bebê chorão da F1, o piloto apontou as razões para a grande vantagem de Hamilton: “1) Classificação – isso mudou nesta temporada e está definitivamente ajudando ele. 2) Ele teve um ano mais consistente. 3) Que eu tenho tido, por qualquer motivo, menos sorte também”.

“Então, essas são as três coisas que na minha opinião se uniram este ano e lhe deram essa vantagem. Com certeza isso vai fazer as coisas um pouco mais fáceis – não só para mim, mas para toda a equipe. Para ser franco, eu nunca pensei em acabar apenas em terceiro lugar no campeonato, pois tenho um carro que me permite lutar por vitórias e título. Então é isso que eu estou buscando. Eu sei que isso vai ser difícil, eu também sou realista, e eu também posso precisar de um pouco de sorte, mas até que fique claro que não há mais nenhuma chance, vou brigar pela vitória” – Explicou o, definitivamente, 2º piloto da equipe Mercedes.

Enquanto isso, lá nos países baixos, Williams tem a esperança de conseguir aumentar a diferença para a Red Bull. Atualmente a equipe britânica está em 3º no mundial de construtores, com 71 pontos à frente da Red Bull.

“Nós vamos para Austin depois de não conseguir todos os pontos que deveríamos ter feito na Rússia, apesar de ter um carro realmente bom com grande ritmo. Estamos positivos e o circuito combina com o nosso carro de modo que devemos ter uma boa corrida. Precisamos aumentar a diferença da Red Bull e a equipe deve continuar lutando para obter tantos pontos quanto possíveis. Ambos os pilotos estão chegando após ótimas pilotagens na última corrida, por isso, devemos marcar alguns bons pontos” – disse Rob Smedley, chefe de desempenho da Williams.

Por outro lado, a Red Bull também tem boas expectativas. Ricciardo disse: “Eu amo Austin. Ótima pista, ótima cidade, ótima comida, ótimos fãs, ótimo povo em geral, ótimo hotel. Para um circuito moderno com muitas áreas de escape, eles fizeram o melhor trabalho possível. Eles criaram uma pista que é segura, mas conseguiram garantir ainda que fosse divertida. É provavelmente o melhor circuito para ultrapassagem no calendário”. O seu companheiro Kvyat complementa: “Eu fiz a minha estreia na F1 lá e foi um grande momento na minha carreira. A corrida do ano passado foi eu diria azarada, tivemos realmente um bom ritmo, mas eu tive que ir aos boxes por uma vibração no pneu depois de ter ultrapassado Kimi (Raikkonen), mas sim, eu tenho memórias muito positivas do circuito. A pista é muito boa. Tem muitas curvas de alta velocidade, frenagens fortes, retas longas, um pouco de tudo, realmente, por isso é ótimo para a corrida, muito agradável”.

1º TREINO LIVRE – RESULTADO

E os trabalhos em Austin começaram beeeeem molhados nesta sexta-feira (23/10/2015). Já no 1º treino livre, os pilotos foram obrigados a utilizar pneus de chuva extrema nas voltas iniciais, mas os pneus intermediários também foram utilizados ao longo do treino. Os melhores tempos foram conquistados na primeira metade. O mais rápido foi Nico Rosberg com o tempo de 1min53s989, seguido do tempo 1min55s224 de Kvyat. Em 3º ficou o outro piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo. Seguido por Carlos Sainz Jr. da Toro Rosso. Em quinto tivemos o líder e praticamente campeão, Lewis Hamilton e ficou à frente de Vettel. O piloto da Ferrari irá perder 10 posições no grid pela troca do seu motor.

Foto: Foto Studio Colombo / Pirelli / Fotos Públicas
Foto: Foto Studio Colombo / Pirelli / Fotos Públicas

O brasileiro Felipe Massa caiu para 11º após as últimas voltas. Raffaele Marciello, italiano que substituiu Felipe Nasr no 1º treino TL1, ficou apenas em 16º, mas ainda à frente Ericsson.

1º – Nico Rosberg – Mercedes – 1m53.989s – 7
2º – Daniil Kvyat – Red Bull/Renault – 1m55.224s – 1.235s – 6
3º – Daniel Ricciardo – Red Bull/Renault – 1m55.592s – 1.603s – 10
4º – Carlos Sainz – Toro Rosso/Renault – 1m55.667s – 1.678s – 8
5º – Lewis Hamilton – Mercedes – 1m55.693s – 1.704s – 4
6º – Sebastian Vettel – Ferrari – 1m55.710s – 1.721s – 10
7º – Max Verstappen – Toro Rosso/Renault – 1m55.969s – 1.980s – 7
8º – Kimi Raikkonen – Ferrari – 1m56.326s – 2.337s – 10
9º – Fernando Alonso – McLaren/Honda – 1m56.839s – 2.850s – 18
10º – Valtteri Bottas – Williams/Mercedes – 1m56.866s – 2.877s – 15
11º – Felipe Massa – Williams/Mercedes – 1m57.081s – 3.092s – 13
12º – Sergio Perez – Force India/Mercedes – 1m57.139s – 3.150s – 4
13º – Jenson Button – McLaren/Honda – 1m57.495s – 3.506s – 20
14º – Nico Hulkenberg – Force India/Mercedes – 1m57.518s – 3.529s – 4
15º – Romain Grosjean – Lotus/Mercedes – 1m58.319s – 4.330s – 10
16º – Raffaele Marciello – Sauber/Ferrari – 1m59.431s – 5.442s – 19
17º – Marcus Ericsson – Sauber/Ferrari – 1m59.743s – 5.754s – 18
18º – Alexander Rossi – Marussia/Ferrari – 2m01.154s – 7.165s – 11
19º – Will Stevens – Marussia/Ferrari – 2m01.907s – 7.918s – 13
20º – Pastor Maldonado – Lotus/Mercedes – sem tempo por problemas no carro

2º TREINO LIVRE – CANCELADO

Já a 2º sessão de treinos do GP dos EUA, foi cancelada devido a forte chuva. Impressionou pela grande preocupação da organização que emitiu mensagem para os espectadores: “Buscar abrigo dentro de casa ou em veículos, mas jamais procurar abrigo sob as arquibancadas”. Após quase 1 hora de espera, como o tempo não melhorou, o treino foi definitivamente cancelado.

VEJA A PROGRAMAÇÃO/TRANSMISSÃO PARA O GP DOS EUA – 2015

Sexta-feira – 23/10/2015

FÓRMULA 1 – GP dos EUA – TL1 – 13:00 – SporTV
FÓRMULA 1 – GP dos EUA – TL2 – 17:00 – SporTV (Cancelado)

Sábado – 24/10/2015

FÓRMULA 1 – GP dos EUA – TL3 – 12:50 – SporTV (Resultado)
FÓRMULA 1 – GP dos EUA – Classificação – 15:50 – SporTV (GRID DE LARGADA)

Domingo – 25/10/2015

FÓRMULA 1 – GP dos EUA – Corrida – 16:30 – SporTV (REDE GLOBO NÃO TRANSMITIRÁ)
FÓRMULA 1 – REPRISE – GP dos EUA – Corrida – 21:00 – SporTV
FÓRMULA 1 – GP dos EUA – Corrida – 23:50 – Rede Globo (VT)

Segunda – 26/10/2015

FÓRMULA 1 – REPRISE – GP dos EUA – Corrida – 13:00 – SporTV
FÓRMULA 1 – REPRISE – GP dos EUA – Corrida – 21:30 – SporTV

OBSERVAÇÃO: Apenas para constar, a nossa “amada” Rede Globo de Televisão NÃO, isso mesmo, NÃO irá transmitir o GP dos EUA de F1. Nenhuma novidade! O mesmo desrespeito de sempre e a mesma preferência de sempre (FUTEBOL)! Ao menos teve a DIGNIDADE de liberar à SporTV a transmissão ao vivo! #lamentavel

ENQUANTO ISSO VEJA ALGUMAS FOTOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

PROGRAMAÇÃO DA TV – Veja quais corridas serão transmitidas na TV este final de semana!

MOTO GP – Gosta de moto velocidade também? Veja a programação da MOTO GP – Malásia!