Foto: Carsten Horst / Hyset / Fotos Públicas
Foto: Carsten Horst / Hyset / Fotos Públicas

Neste domingão de tempo excelente em Cascavel/PR, tivemos a 8ª etapa da Stock Car Brasil 2015. E este foi um final de semana para TODO Paraibano bater a mão no peito e sentir orgulho, principalmente se for fã de automobilismo! Segundo lugar no TL1, sétimo lugar no TL2, POLE POSITION, VENCEU a Corrida #1 e ficou em 2º na Corrida #2. Somente isso! E foi o que fez o “EXPRESSO da PARAÍBA”, o “PARAIBANO VOADOR”… VALDENO BRITO! O piloto bateu o record de pontos em uma única etapa com 37 pontos (24 na corrida #1 e 13 na corrida #2) – antes era de Daniel Serra com 35 pontos. No geral foram duas grandes corridas com muitas disputas e ultrapassagens.

Sobre o feito, Valdeno diz:

“É a primeira vez que alguém faz isso na Stock Car, só que tenho de dar crédito ao trabalho de todo o time. São mais de 20 funcionários que se dedicam para que o carro fique dessa forma: um carro perfeito que me deu a condição de somar tantos pontos com um primeiro e um segundo lugar. De fato, foi mais do que a gente imaginava. Deus é pai e tenho certeza que Ele deu uma mãozinha”

CORRIDA #1

Na prova 1, largada limpa e sem incidentes! Valdeno mantém a ponta, seguido de Daniel Serra e Cacá Bueno. Ainda na primeira volta, batida de Galid Osman e Popó Bueno. Safety Car na pista até retirada dos carros! Fim de prova para Galid e Popó até tentou voltar, mas voltas depois abandonou! Valdeno liderou até o final e levou mais uma! Parabéns a SHELL MOTORSPORT que também teve Ricardo Zonta em 2º lugar. DOBRADINHA em Cascavel – Corrida #1! Fechando o pódio tivemos um dos pilotos da Full Time, Allam Khodair em ótimo resultado. Seu companheiro, Rubens Barrichello teve pneu furado, escapou no bacião e fim de prova. Assim como ele, tivemos também uma “beeeela” rodada de Casagrande no mesmo lugar.

Foto: Oladotun Ayodeji / Fotos Públicas
Foto: Oladotun Ayodeji / Fotos Públicas

Em 4º colocado tivemos Ricardinho que fez excelente prova (já que largou em 13º), seguido de Cacá Bueno. Marcos Gomes em corrida apática ficou em 6º. Thiago Camilo em excelente prova, mas com estratégia de troca diferenciada, ficou em apenas 7º, seguido de Sergio Jimenez, Átila Abreu e Diego Nunes em ótima prova também.

Uma pena foram os problemas com Julio Campos, Max Wilson, Rafael Suzuki, Pizzonia e Tuka Rocha. Por outro lado, destaque para Felipe Fraga ao largar em último (devido problemas na caixa de direção no treino classificatório) e chegar em 13º.

RESULTADO FINAL – CORRIDA #1

1º #77 Valdeno Brito (Shell Racing) – 42 voltas em 49min12s068
2º #10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1s490
3º #18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 3s078
4º #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 3s877
5º #0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 4s710
6º #80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 5s029
7º #21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 5s976
8º #73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 7s121
9º #51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 7s523
10º #70 Diego Nunes Vogel Motorsport) – a 8s254
11º #2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 8s745
12º #88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 9s182
13º #46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 9s445
14º #110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 12s476
15º #5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 12s778
16º #14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 13s612
17º #11 Cesar Ramos (Total Racing – a 13s960
18º #12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 15s429
19º #72º #Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – a 17s586
20º #9 Gustavo Lima (ProGP) – a 18s993
21º #26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 24s142
22º #83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 1 volta
23º #111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 3 voltas
24º #3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 3 voltas
25º #29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 11 voltas
Não completou 75%
26º #1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 15 voltas
27º #65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 20 voltas
28º #8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 21 voltas
29º #4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 22 voltas
30º #25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 33 voltas
31º #74Popó Bueno (Total Racing) – a 37 voltas
32º #28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 0
Melhor volta: Valdeno Brito, 1min02s361 (média de 176,5 km/h)

CORRIDA #2

E para a segunda prova do dia, devido o grid invertido tivemos como ordem de largada Diego Nunes, Átila Abreu, Sergio Jimenez, Thiago Camilo, Marquinhos, Cacá, R. Maurício, Allam, Zonta e Valdeno.

Foto: Carsten Horst / Hyset / Fotos Públicas
Foto: Carsten Horst / Hyset / Fotos Públicas

Logo no início Átila Abreu foi traído pela bomba de combustível e fica na largada para volta de apresentação – FIM DE PROVA merecido este final de semana. Sobre o fato, o piloto explica: “Tivemos uma falha, provavelmente a bomba de combustível tenha queimado, porque assim que eu liguei o carro, ficou acusando pressão baixa, até que apagou completamente”. Outro com problemas antes mesmo da largada foi Sergio Jimenez – infelizmente.

Primeira volta e a ordem assim estava: Diego Nunes, Thiago Camilo, Marcos Gomes, Vitor Genz, Valdeno Brito, Cacá Bueno, Allam Khodair, Ricardo Mauricio, Denis Navarro e Luciano Burti.

Após diversas ultrapassagens chegamos ao final com vitória fantástica de Thiago Camilo, seguido do DESTAQUE do dia, Valdeno Brito e Ricardo Maurício para completar o pódio! Em 4º tivemos Vitor Genz que fez brilhante prova. Cacá novamente em 5º, seguido do líder do campeonato Marcos Gomes.

Barrichello que largou em último, fez prova de recuperação fantástica e chegou em 10º. Já Diego Nunes, que largou em 1º, com possíveis problemas no carro ainda conseguiu segurar uma 9º colocação.

E quanto a ele, Thiagão! Falar o quê? VENCEU e agora entra pra briga do campeonato também! Grande Thiago Camilo!

“A Stock Car é uma categoria extremamente competitiva, e depois da corrida de Curitiba o retrospecto ficou bastante positivo. Venci duas corridas na sequência e tanto eu como a equipe estamos em um momento muito legal. A vitória na Corrida do Milhão depois daquele acidente em Curitiba deu muita força para todos nós, sem sombra de dúvida. Ressurgimos um pouco das cinzas, e agora em Cascavel, uma pista que era uma pedra no nosso sapato há vários anos, demos a volta por cima. Agora vamos para Campo Grande e trabalhar, e só desistir na bandeirada final em Interlagos. Estamos muito motivados” – afirma o piloto da Ipiranga-RCM.

RESULTADO FINAL – CORRIDA #2

1º #21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 23 voltas em 24min23s047
2º #77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 1s266
3º #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 2s577
4º #46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 3s243
5º #0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 7s775
6º #80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 11s856
7º #18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 13s612
8º #14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 15s111
9º #70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 16s102
10º #111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 16s427
11º #1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 17s757
12º #65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 18s036
13º #88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) 25s424
14º #10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 25s512
15º #8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 26s658
16º #11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 28s357
17º #72 Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – a 34s085
18º #12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 35s205
19º #74 Popó Bueno (Total Racing) – a 36s186
20º #9 Gustavo Lima (ProGP) – a 53s792
21º #26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 1 volta
22º #3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 3 voltas
Não completaram 75%
23º #73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 8 voltas
24º #110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 9 voltas
25º #2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 10 voltas
26º #5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 16 voltas
27º #51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – não largou
28º #83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – não largou
29º #29 Daniel Serra Red Bull Racing) – não largou
30º #4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – não largou
31º #25 Tuka Rocha (União Química Racing) – não largou
32º #28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – não largou
Melhor volta: Ricardo Maurício, 1min02s415 (176,4 km/h)

CLASSIFICAÇÃO GERAL

Marcos Gomes com seus dois sextos lugares amplia a vantagem para o segundo colocado, Cacá Bueno. Daniel Serra sem pontuação fica com os mesmos pontos, mas ainda na briga. Thiago Camilo soma agora pontos que o colocam entre os líderes.

1º Marcos Gomes – 182
2º Cacá Bueno – 151
3º Daniel Serra – 133
4º Julio Campos – 121
5º Thiago Camilo – 120
6º Rubens Barrichello – 115
7º Max Wilson – 113
8º Allam Khodair – 112
9º Valdeno Brito – 105
10º Ricardo Maurício 99

PRÓXIMA CORRIDA

A próxima etapa será no Autódromo Orlando Moura / Campo Grande/MS em 13/09/2015. Veja o calendário completo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

STOCK CAR – Grid de Largada – Etapa Cascavel/PR – 2015
STOCK CAR – Resultado dos treinos livres – Etapa Cascavel/PR – 2015
STOCK CAR – Programação, horários e transmissão – Etapa Cascavel/PR – 2015

Marcelo Henrique Dias Abreu .·.
"Um Goiano, acolhido por Mineiros e apaixonado pela família e por esse SUL maravilhoso. Maluco e apaixonado por automobilismo (Fórmula 1, Stock Car, Turismo e as demais), o que não quer dizer especialista!" - Marcelo é o idealizador e um dos colunistas do Tomada de Tempo!
STOCK CAR – Resultado Final – Etapa Cascavel/PR – 2015
Classificado como:                

Pin It on Pinterest